GracieMag - Sensō Jiu Jitsu

GracieMag

Mãe de Jon Jones comenta teste positivo do filho: “Foi bom ele ter sido pego” January 13 2015

Campeão do UFC, Jon Jones fala à imprensa antes do UFC 135. O atleta falou de Jiu-Jitsu no Brasil. Foto: Josh Hedges/Zuffa LLC/Zuffa LLC

Jon Jones durante a entrevista. Foto: Josh Hedges/Zuffa LLC/Zuffa LLC

Após um turbilhão de notícias sobre Jon “Bones” Jones e a cocaína, a mãe do astro meio-pesado do UFC, Camille Jones, deu entrevistas sobre o assunto, e tentou dar sua versão para o caso que sacudiu o mundo do MMA.

“Fico feliz que isso tenha acontecido com Jon, porque agora ele tem chance de sair do caminho errado. Agora ele sabe que talvez precise deixar alguns amigos, porque nem todo mundo que está ao seu lado, nem quer o melhor para ele. Então foi uma coisa boa para a nossa família, não fiquei chateada. Meu marido e eu consideramos uma bênção de Deus que o nosso filho agora possa ter ajuda. Sei que ele precisa parar, e agora ele sabe que precisa de ajuda, antes que algo pior aconteça”, disse Camille Jones, em entrevista ao site da rede de TV americana WBNG.

Durante a conversa, Camille revelou que o teste do campeão foi feito uma noite após uma saída com os amigos.

“Quando ele testou positivo, minha primeira pergunta foi: ‘Você tem um problema sério?’ E então ele me contou o que aconteceu. Jon é geralmente muito honesto comigo, e me contou o que aconteceu. Eu disse: ‘Então é bom para você, muito bom. Você precisava ser pego, isso aconteceu na hora certa’”, declarou a mamãe Jones, que afirmou ainda que Jones teria ficado apenas uma noite na clínica de reabilitação.

Camille fez questão de defender o legado do filho como campeão do UFC:

“Isso [a droga] não afetou seu jogo. Não estava em seu organismo durante a luta, então ele ainda é um bom atleta. Fiquei feliz que o mal foi cortado pela raiz”, encerrou.