GracieMag - Sensō Jiu Jitsu

GracieMag

Davi Ramos finaliza mais um no Circuito Talent de MMA April 13 2014

Davi Ramos aperta o braço do adversário. Foto:Rodrigo Villalba/Divulgação

Davi Ramos aperta o braço do adversário. Foto:Rodrigo Villalba/Divulgação

Os fãs da arte suave deixaram o Ginásio Municipal de Valinhos saciados de finalizações. No sábado, dia 12, no Circuito Talent 8, seis combates foram encerrados no solo, sendo cinco só no card principal. E não faltaram nocautes, com outras seis lutas sacramentadas assim. Na principal da noite, Arthur Oliveira despachou Fernando Neto no segundo round. Com o triunfo, garantiu o direito de desafiar o campeão dos galos, Anderson Berinja. Agora, o Talent MMA embarca para o Paraná, no dia 10 de maio, em São José dos Pinhais.

Na penúltima luta da noite, um duelo clássico entre um especialista em muay thai e um faixa-preta de Jiu-Jitsu. E quem levou a melhor foi Davi Ramos. Aproveitando a tentativa de um chute rodado de Claudiere Freitas, sua marca registrada, o representante da arte suave levou o embate para o chão e passou a dar as cartas. A vitória veio por meio de um armlock, no primeiro round.

“Sabia que ele ia querer chutar, então dei o bote na hora certa e coloquei a luta ali onde levo ampla vantagem. Tive calma, esperei o momento certo para atacar no armlock e vencer”, comemorou Davi, que alcançou a quinta vitória no MMA profissional em quatro lutas.

Circuito Talent de MMA 8

Ginásio Municipal de Valinhos, Valinhos, São Paulo

12 de abril de 2014

Arthur Oliveira nocauteou Fernando Neto aos 1min13s do R2
Davi Ramos finalizou Claudiere Freitas com um armlock aos 3min07s do R1
Rodrigo Cabeça finalizou Rafael Bueno com um mata-leão aos 2min05s do R2
Ricardo Carcacinha finalizou Rafael Baraka com um mata-leão aos 2min38s do R1
Guilherme Faria nocauteou Maikon Carvalho aos 1min39s do R1
Fernando Tréssino finalizou Márcio Teles com uma guilhotina aos 2min 57s do R1
Zé Reborn venceu Ângelo Gambá por decisão unânime dos jurados
Fernando Santo Forte venceu Xandão por decisão unânime dos jurados
Bruno Bulldoguinho finalizou Soslenis Grilinho com um mata-leão aos 4min33s do R3

Gustavo Erak venceu Lucas Baiano por decisão unânime dos jurados
Júnior Preto venceu Everton Monteiro por decisão unânime dos jurados
Mariana Moraes finalizou Mariana Santos com um armlock aos 40s do R1
Anselmo Assumpção nocauteou Tales Alves aos 2min 17s do R2
Roberto Souza nocauteou Gustavo Veiga aos 2min 29s do R2
Uyran Presuntinho nocauteou Adriano Mão de Pedra aos 3min30s do R1
Ricardo Pacheco nocauteou Moreno Bibi aos 2min40s do R1