GracieMag - Sensō Jiu Jitsu

GracieMag

Algoz de Weidman e adversário de Jones antes da fama em ação no MMA nacional December 04 2015

Cachorrão e Pliev entram em ação no 1° Round. Foto: Divulgação

Cachorrão e Pliev entram em ação no 1° Round. Foto: Divulgação

Poucos lutadores podem orgulhar-se de dizer que venceram Chris Weidman ou que tiveram a oportunidade de enfrentar Jon Jones antes da fama. Apesar das remotas possibilidades, dois destes atletas estão no Brasil e estão escalados para o mesmo evento. São os casos do russo Khetag “Lion” Pliev e do brasileiro Carlos Eduardo “Cachorrão”, principais destaques da primeira edição do 1º round, evento marcado para este domingo (6), em Fortaleza (CE). Enquanto Cachorrão disputa o cinturão dos meio-pesados (93kg) contra Kléber Orgulho, Pliev faz sua segunda luta no MMA profissional contra Odali Gorila, em duelo válido pelos médios (84kg). O Combate exibe todas as emoções do 1º Round, ao vivo e com exclusividade, a partir das 20h.

Personagem da principal atração da noite, Carlos Eduardo “Cachorrão” possui uma vasta experiência internacional e volta a se apresentar em terras brasileiras após três lutas nos Estados Unidos. Apesar de ter sido derrotado nos dois últimos compromissos, o cearense possui um cartel bastante consistente com 14 vitórias e quatro derrotas. Mesmo com a grande quantidade de resultados positivos, é uma derrota que mais chama atenção na trajetória do meio-pesado. Em abril de 2008, ele enfrentou o então desconhecido Jon Jones no BCX 4 – Battle Cage Xtreme 4, torneio disputado em Nova Jersey (EUA). Após travar uma dura batalha nos dois primeiros rounds, o brasileiro acabou nocauteado no início do terceiro round. Muita coisa mudou desde então. Se à época, Jonas tinha 21 anos e fazia sua segunda luta profissional, hoje ele ostenta uma invencibilidade de cinco anos e, mesmo com os problemas particulares enfrentados nos últimos meses, defendeu o cinturão do UFC em oito oportunidades.

Outro protagonista do 1º Round, Khetag Pliev, o Lion, teve uma trajetória bastante diferente de Cachorrão até chegar aqui. Ex-wrestler olímpico – disputou os Jogos Olímpicos de 2012, em Londres (ING) representando o Canadá -, ele construiu sua carreira no wrestling nos Estados Unidos e no Canadá. Oriundo da Ossétia, região que pertence à Rússia, ele possui diversas vitórias e títulos imponentes. Em um desses resultados expressivos, o europeu derrotou Chris Weidman, que hoje detém o cinturão dos médios (84kg) do UFC. Após conhecer os irmãos Rodrigo Minotauro e Rogério Minotouro, Khetag estreitou seus laços com o Brasil e decidiu começar a sua trajetória no MMA profissional dentro do país. Sua estreia aconteceu em setembro deste ano, em Salvador (BA). Na ocasião, o lutador venceu Cristiano Silva por finalização no primeiro round.

(Fonte: Assessoria de imprensa)