GracieMag - Sensō Jiu Jitsu

GracieMag

Após o bronze no ADCC, Augusto Taquinho volta a lutar MMA no Arizona September 18 2015

Augusto Tanquinho busca sua sexta vitória no MMA em outubro Foto: Divulgação/Legacy FC

Augusto Tanquinho busca sua sexta vitória no MMA em outubro Foto: Divulgação/Legacy FC

Após vitórias no cage do Legacy FC em fevereiro e julho deste ano e a participação no ADCC, em agosto, Augusto “Tanquinho” Mendes retorna às artes marciais mistas e enfrenta o americano Tyler Bialecki no dia 24 de outubro, pelo evento RITC 180, no Arizona, nos Estados Unidos. A luta é válida pela categoria peso-galo.

O novo desafio será o sexto na carreira profissional do campeão mundial de Jiu-Jitsu. Até então, foram cinco triunfos, sendo um por nocaute e quatro por finalização, especialidade do faixa-preta da Soul Fighters.

“Aceitei o desafio por considerar que seja um bom momento para lutar novamente. Estou saudável, sem problema algum com lesão, então estou pronto para entrar em ação. Estou comprometido com a vitória e farei de tudo para sair do ginásio vencedor. Será a sexta em seis lutas, uma marca importante na minha carreira. Iniciei um treinamento intenso nesta semana, já focando na luta, com a ajuda dos meus companheiros da MMA LAb. Estarei mil por cento preparado no dia da luta”, avisa o invicto lutador.


Cigano bate Miocic e Rafael dos Anjos atropela Nate Diaz no UFC em Phoenix December 13 2014

Cigano em trocação franca com Miocic na luta principal do UFC Phoenix. Foto: Josh Hedges/Zuffa LLC via Getty Images

Cigano em trocação franca com Miocic na luta principal do UFC Phoenix. Foto: Josh Hedges/Zuffa LLC via Getty Images

Recheado de grandes lutas, o UFC levou seu octógono para Phoenix, no Arizona, nesse sábado, dia 14, para mais uma edição do Fight Night. Na luta principal, Junior Cigano e Stipe Miocic travaram uma verdadeira batalha, e o brasileiro levou a melhor.

No co-evento, Rafael dos Anjos mostrou toda sua técnica e subjugou Nate Diaz em três assaltos de superioridade. Antes, Gabriel Napão perdeu por nocaute técnico e Claudinha Gadelha foi superada na decisão dividida dos jurados. Confira os destaques:

A guerra de Cigano e Miocic

Na luta principal do UFC no Arizona, Junior Cigano e Stipe Miocic lutavam por um lugar mais alto na divisão dos pesos pesados. Cigano, ex-campeão da divisão, queria reafirmar sua força nos pesados, e Miocic buscava bater o ex-dono da cinta para ter seu lugar ao sol.

O duelo foi parelho. Miocic mostrava certa intenção de repetir a tática de Cain Velasquez, ao bater, encurtar e colar na grade. Algumas tentativas de queda também apareceram nos primeiros assaltos. Por´me, com o afiado boxe de sempre, Cigano controlada a distância, tomava certos sufocos, mas sempre respondia. Até um knockdown apareceu no meio do chumbo cruzado, mas Junior dos Santos não conseguiu liquidar a fatura, pois Stipe recuperou rápido.

Em resumo, após cinco assaltos de uma verdadeira guerra, com sopapos voando de lá para cá e daqui para lá, até o quarto assalto parecia tudo empatado, com o quinto para definir. Cansados e ao mesmo tempo com fôlego para pontuais explosões, Cigano e Stipe fizeram dos 25 minutos de luta um duelo digno de ficar para a história.

Na decisão dos jurados, vitória unânime para o brasileiro bom de boxe e bom de queixo.

O baile de Rafael dos Anjos sobre Nate Diaz

Rafael foi superior nos três assaltos do duelo contra Nate Diaz. Foto: Josh Hedges/Zuffa LLC via Getty Images

Rafael foi superior nos três assaltos do duelo contra Nate Diaz. Foto: Josh Hedges/Zuffa LLC via Getty Images

No co-evento principal da noite, Rafael dos Anjos encarou Nate Diaz de olho no cinturão peso leve do UFC. Dos Anjos tinha na vitória a chance de desafiar o campeão Anthony Pettis. Nate não tinha muito a ganhar ou perder, havia faltado o treino aberto e não bateu o peso. Era colocar uma prata no bolso e sair, mas no UFC, para receber tem que lutar.

No combate, Rafael acelerou do início ao fim. Nate tentava acertar o brasileiro com seu boxe nada ortodoxo, mas Rafael parecia uma máquina. Aplicava socos e chutava forte nas pernas, enquanto Nate recuava, tentava o contragolpe no boxe e deixava evidente os danos das pernadas de Rafael.

O duelo ficou neste patamar do início ao fim, com domínio total do brasileiro na parte em pé, sem contar as transições do Jiu-Jitsu com passagens de guarda e até uma montada. No fim das contas, vitória na decisão unânime dos jurados para Dos Anjos, que agora, segundo Dana White, está como próximo da fila para batalhar pelo cinturão de Pettis.

Napão é surpreendido na trocação

No primeiro combate do card principal, Matt Mitrione enfrentou o brasileiro Gabriel Napão na divisão de pesos pesados do UFC.

Favorito no combate, Napão, faixa-preta de Jiu-Jitsu, mostrou sua conhecida confiança na trocação. Mas, num feliz golpe de Mitrione, Gabriel caiu tonteado e recebeu uma chuva de golpes.

Mitrione achou que Herb Dean iria interromper o combate e saiu de perto, mas a luta seguia. Napão começou a levantar e levou mais um duro golpe, e o árbitro encerrou o combate no primeiro assalto. Nocaute técnico para Mitrione

Claudinha é superada em controversa decisão dividida

Na última luta do card preliminar, Claudinha Gadelha encarou Joanna Jedrzejczyk na divisão peso-palha do UFC.

O combate foi ditado pela potência de Joanna na trocação e as quedas com força e técnica de Claudinha. Joanna conseguiu ótimo knockdown no fim do primeiro assalto, mas Claudinha respondeu ao caminhar para frente, aceitar a trocação e derrubar inúmeras vezes, apesar de Joanna não se manter no solo, ao escapar o quadril e se arrastar até a grade para levantar.

Após três assaltos, Joanna Jedrzejczyk saiu com a vitória na decisão dividida bastante contestada nas redes sociais.

Confira os resultados completos:

UFC: Cigano x Miocic
Phoenix, Arizona, EUA
13 de dezembro de 2014

Junior Cigano venceu Stipe Miocic na decisão unânime dos jurados
Rafael dos Anjos venceu Nate Diaz na decisão unânime dos jurados
Alistair Overeem nocauteou Stefan Struve aos 4min13s do R1
Matt Mitrione venceu Gabriel Napão por nocaute técnico a 1min59s do R1

Card preliminar

Joanna Jedzejczyk venceu Claudia Gadelha na decisão dividida dos jurados
John Moraga finalizou Willie Gates no mata-leão aos 4min06s do R3
Ben Saunders venceu Joe Riggs por submissão (lesão) aos 57s do R1
Drew Dober finalizou Jamie Varner no mata-leão a 1min52s do R1
Bryan Barbarena venceu Joe Ellenberger por nocaute técnico aos 3min24s do R3
David Michaud venceu Garrett Whiteley na decisão unânime dos jurados
Henry Cejudo venceu Dustin Kimura na decisão unânime dos jurados
Ian Entwistle finalizou Anthony Birchak na chave de calcanhar a 1min40s do R1


Jiu-Jitsu: Reveja o mata-leão que aposentou o ex-campeão Jamie Varner no UFC December 13 2014

Na quinta luta do UFC em Phoenix, realizado neste sábado, dia 13, Drew Dober encarou Jamie Varner na divisão peso leve do Ultimate.

Varner, ex-campeão dos leves do WEC, era favorito para o duelo contra Dober. Porém, numa infeliz tentativa de queda, Varner caiu por baixo, e Drew aproveitou para montar, escorregar para as constas e finalizar Jamie com menos de dois minutos de luta.

A situação ficou complicada para Varner, que acumulava quatro derrotas seguidas. Contudo, após a derrota, Jamie Varner anunciou sua aposentadoria de MMA, com um cartel de 21 vitórias, 11 derrotas, um empate e dois no contest.

Confira abaixo o mata-leão que aposentou Jamie Varner.

UFC: Cigano x Miocic
Phoenix, Arizona, EUA
13 de dezembro de 2014

Junior Cigano x Stipe Miocic
Rafael dos Anjos x Nate Diaz
Alistair Overeem x Stefan Struve
Gabriel Napão x Matt Mitrione

Card preliminar

Claudia Gadelha x Joanna Jedrzejczyk
John Moraga finalizou Willie Gates no mata-leão aos 4min06s do R3
Ben Saunders venceu Joe Riggs por submissão (lesão) aos 57s do R1
Drew Dober finalizou Jamie Varner no mata-leão a 1min52s do R1
Bryan Barbarena venceu Joe Ellenberger por nocaute técnico aos 3min24s do R3
David Michaud venceu Garrett Whiteley na decisão unânime dos jurados
Henry Cejudo venceu Dustin Kimura na decisão unânime dos jurados
Ian Entwistle finalizou Anthony Birchak na chave de calcanhar a 1min40s do R1


Jiu-Jitsu: Estude a chave de calcanhar com esta finalização do UFC December 13 2014

Na primeira luta do UFC em Phoenix, realizado neste sábado, dia 13, Ian Entwistle encarou Anthony Birchak na divisão de pesos-galo do Ultimate.

Entwistle, especialista na chave de calcanhar, não quis saber de arriscar e usou seu Jiu-Jitsu para catar logo o pé. Birchak fez bem a defesa, ao girar na chave, mas Ian soltou, trocou a base do arrocho e voltou a girar, até chegar na grade e poder ajustar com mais precisão. Confira!

UFC: Cigano x Miocic
Phoenix, Arizona, EUA
13 de dezembro de 2014

Junior Cigano x Stipe Miocic
Rafael dos Anjos x Nate Diaz
Alistair Overeem x Stefan Struve
Gabriel Napão x Matt Mitrione

Card preliminar

John Moraga x Willie Gates
Claudia Gadelha x Joanna Jedrzejczyk
Joe Riggs x Ben Saunders
Jamie Varner x Drew Dober
Derek Brunson x Ed Herman
Bryan Barbarena x Joe Ellenberger
David Michaud x Garrett Whiteley
Henry Cejudo venceu Dustin Kimura na decisão unânime dos jurados
Ian Entwistle finalizou Anthony Birchak na chave de calcanhar a 1min40s do R1


Confira os resultados do UFC: Cigano x Miocic December 13 2014

UFC: Cigano x Miocic
Phoenix, Arizona, EUA
13 de dezembro de 2014

Junior Cigano venceu Stipe Miocic na decisão unânime dos jurados
Rafael dos Anjos venceu Nate Diaz na decisão unânime dos jurados
Alistair Overeem nocauteou Stefan Struve aos 4min13s do R1
Matt Mitrione venceu Gabriel Napão por nocaute técnico a 1min59s do R1

Card preliminar

Joanna Jedzejczyk venceu Claudia Gadelha na decisão dividida dos jurados
John Moraga finalizou Willie Gates no mata-leão aos 4min06s do R3
Ben Saunders venceu Joe Riggs por submissão (lesão) aos 57s do R1
Drew Dober finalizou Jamie Varner no mata-leão a 1min52s do R1
Bryan Barbarena venceu Joe Ellenberger por nocaute técnico aos 3min24s do R3
David Michaud venceu Garrett Whiteley na decisão unânime dos jurados
Henry Cejudo venceu Dustin Kimura na decisão unânime dos jurados
Ian Entwistle finalizou Anthony Birchak na chave de calcanhar a 1min40s do R1


Vídeo: Cigano, Dos Anjos, Napão e Gadelha na pesagem do UFC no Arizona December 12 2014

UFC: Cigano x Miocic
Phoenix, Arizona, EUA
13 de dezembro de 2014

Junior Cigano x Stipe Miocic
Rafael dos Anjos x Nate Diaz
Alistair Overeem x Stefan Struve
Gabriel Napão x Matt Mitrione

Card preliminar

John Moraga x Willie Gates
Claudia Gadelha x Joanna Jedrzejczyk
Joe Riggs x Ben Saunders
Jamie Varner x Drew Dober
Derek Brunson x Ed Herman
Bryan Barbarena x Joe Ellenberger
David Michaud x Garrett Whiteley
Henry Cejudo x Dustin Kimura
Anthony Birchak x Ian Entwistle


Vídeo: Os lances de Cigano e Dos Anjos no treino aberto para o UFC deste sábado December 11 2014

Já em ritmo de luta, Junior Cigano e Rafael dos Anjos mostraram um pouco dos seus movimentos para o público de Phoenix, no Arizona, que anseia pelo UFC deste sábado, dia 13 de dezembro.

No card, ainda teremos as lutas dos especialistas em Jiu-Jitsu Gabriel Napão e Claudinha Gadelha.

Confira abaixo como foram os treinos abertos dos dois brasileiros e de Stipe Miocic :

UFC: Cigano x Miocic
Phoenix, Arizona, EUA
13 de dezembro de 2014

Junior Cigano x Stipe Miocic
Rafael dos Anjos x Nate Diaz
Alistair Overeem x Stefan Struve
Gabriel Napão x Matt Mitrione

Card preliminar

John Moraga x Willie Gates
Claudia Gadelha x Joanna Jedrzejczyk
Joe Riggs x Ben Saunders
Jamie Varner x Drew Dober
Derek Brunson x Ed Herman
Bryan Barbarena x Joe Ellenberger
David Michaud x Garrett Whiteley
Henry Cejudo x Dustin Kimura
Anthony Birchak x Ian Entwistle


Claudia Gadelha e o Jiu-Jitsu para o UFC de sábado: “No chão, não tem jeito pra ela” December 08 2014

Claudinha fez a luta inaugural da categoria palha feminina contra Tina Lahdemaki. Foto: UFC/Divulgação

Claudinha fez a luta inaugural da categoria palha feminina contra Tina Lahdemaki. Foto: UFC/Divulgação

Após protagonizar a primeira luta da história da categoria peso-palha feminino do UFC, ao vencer a finlandesa Tina Lahdemaki, em julho deste ano, Claudia Gadelha retorna ao octógono cercada por expectativas. Neste sábado, dia 13 de dezembro, no card do UFC on FOX 13, a brasileira tem pela frente Joanna Jedrzejczyk no duelo que deixa a vencedora bem posicionada na divisão. Com o foco na luta mais importante da carreira até o momento, Claudinha deixou de lado a comemoração de seus 26 anos, completados no último domingo, dia 7, mesma data no qual embarcou para o Arizona, Estados Unidos, local do evento.

Na busca para atingir o limite de peso da divisão e aprimorar suas habilidades, a atleta da Nova União dedicou todo seu tempo à preparação para o novo desafio. Alternando entre treinamentos técnicos e atividades físicas, Claudinha teve que deixar a celebração para trás, mas nem por isso mostrou-se chateada. E ainda encontrou o lado positivo da situação.

“É ruim não poder comemorar mais um ano de vida, mas é por uma excelente causa. Tenho uma luta muito importante para minha carreira, posso ser a primeira lutadora da história do UFC a ter duas vitórias na categoria, então a comemoração fica para depois. Meu foco está total na Joanna, no que tenho que fazer no octógono”, comenta a brasileira que ostenta a invencibilidade em 12 lutas no MMA profissional, sendo 12 vitórias.

Claudinha abriu mão da comemoração do seu aniversário, mas, em caso de nova vitória no octógono, ela planeja uma dupla celebração. Para isso, terá que pôr fim na invencibilidade da adversária, que registra sete vitórias em sete combates profissionais. “Vou fazer de tudo para a comemoração ser dobrada, com a vitória e com meu aniversário, mesmo que com atraso. Só depois da luta é que vou pensar em comer bolo. Até lá, a dieta não deixa”, avisa aos risos.

Aposta no Jiu-Jitsu pela vitória

Considerada uma das principais candidatas ao título da categoria peso-palha feminino, Claudinha aposta em seu forte Jiu-Jitsu para garantir o triunfo e entrar na linha de desafiantes ao cinturão. Ao pisar no cage, a brasileira já saberá quem será a primeira detentora do título, uma vez que, na sexta-feira, dia 12 de dezembro, acontece a final do TUF 20, que premiará a vencedora com o cinturão da nova categoria.

“Será a luta mais importante da minha carreira. Respeito todas as adversárias que já lutei, mas acredito que esse pode ser o combate mais complicado para mim. Mas, no chão, a Joanna não tem muita chance. É minha especialidade, é minha casa. Estudei o jogo dela, até sabe se virar no chão, mas tem a característica de tentar nocautear. Meu boxe está afiado, posso vencer também por cima, mas se for para o chão acho que não vai ter jeito para ela”, confia a atleta, que finalizou em seis oportunidades nas 12 lutas profissionais.

(Fonte: Assessoria de imprensa)


Rafael dos Anjos encara Nate Diaz no UFC, em dezembro September 24 2014

Rafa dos Anjos apagou Ben Henderson com um lindo golpe Foto Josh Hedges UFC

Rafael dos Anjos apagou Ben Henderson com um lindo golpe. Foto Josh Hedges/Zuffa LLC via Getty Images

O brasileiro Rafael dos Anjos terá mais um grande desafio no octógono do UFC. Após bater Ben Henderson com um belo nocaute, Rafael tem pela frente o encrenqueiro Nate Diaz, que faz seu retorno ao peso leve do UFC para encarar o brasuca no co-evento principal do UFC no Arizona , em 13 de dezembro.

Dos Anjos (22v, 7d) bateu o ex-campeão Benson Henderson em agosto deste ano, e anteriormente vinha de vitória sobre Jason High, no mês de junho. Apesar do poder na trocação, Rafael é um faixa-preta de mão cheia. Graduado por Roberto Gordo, ele conquistou oito de suas vitórias com o Jiu-Jitsu.

Já Nate Diaz (17v, 9d) fez sua última apresentação no UFC em novembro do ano passado, quando bateu Grey Maynard com um belo nocaute da noite. Faixa-preta de Cesar Gracie, Nate tem oito finalizações no UFC, somado ao seu boxe peculiar, o irmão de Nick Diaz se torna um perigoso oponente para Rafael.

A edição do UFC em Phoenix, no Arizona, tem na luta principal o aguardado duelo entre Junior Cigano e Stipe Miocic, duelo que aconteceria no UFC em São Paulo. Ainda no card, Gabriel Napão encara Matt Mitrione e Alistair Overeem pega Stefan Struve.

E você, leitor, o que acha do card que vem se formando para o UFC no Arizona? Comente conosco.


Augusto Tanquinho usa o Jiu-Jitsu e finaliza em 36 segundos em estreia no MMA December 22 2013

Tanquinho Mendes ensina você a defender a cheve de pé reta. Foto Divulgação

Tanquinho pareceu um veterano em sua primeira luta oficial de MMA. Foto: Divulgação

Campeão mundial de Jiu-Jitsu em 2013, entre os pesos-penas, Augusto Tanquinho fez uma estreia no MMA rápida, limpa e eficiente.

O professor carioca da Soul Fighters, atleta do time de elite na MMA Lab, finalizou o peso-pena Jamie Carskaden no primeiro round, no evento Duel For Domination 6, em Mesa, Arizona, em luta amadora. Tanquinho lutou entre os amadores por opção do treinador John Crouch, que queria que o lutador se habituasse com o corte de peso e a adrenalina antes de estrear entre os profissionais, o que deve ocorrer em 2014. O lutador estuda descer mais uns quilos, para o peso-galo.

Na luta, Tanquinho mal conseguiu sentir o clima dentro da grade. Encurtou, botou para baixo com uma linda baiana, caiu do lado e arrochou o katagatame.

Parabéns ao campeão, e um 2014 cheio de batalhas para Tanquinho.