GracieMag - Sensō Jiu Jitsu

GracieMag

Shooto Brasil chega à 50° edição com evento em Rio Bonito October 02 2014

Fernando Batista e Caião Alencar fazem o duelo principal na divisão peso pesado. Foto: Divulgação

Fernando Batista e Caião Alencar fazem o duelo principal na divisão peso pesado. Foto: Divulgação

Nesta sexta-feira, dia 3 de outubro, o Shooto Brasil chega pela segunda vez à cidade de Rio Bonito, região metropolitana do Rio de Janeiro, onde realiza seu 50º evento, no Complexo Esportivo Bonitão. A luta principal será um duelo de pesos-pesados (até 120kg) entre Caio Alencar e Fernando Batista, mas os leves é que estarão representados em maior número, desde o peso-palha (até 52,2kg) até os penas (até 66,1kg). O canal Combate transmite ao vivo os embates, a partir das 20h (horário de Brasília).

Em pesagem realizada nesta quinta-feira, dia 2 de outubro, o clima foi de respeito. Protagonistas da noite, Caio Alencar e Fernando Batista bateram 110,1kg e 105,7kg, respectivamente. Matheus Naccache, que faz a terceira luta principal da noite contra Eduardo Jack, ultrapassou em 250g o limite de 57,1kg da categoria peso-mosca, e teve que doar 20% da bolsa ao adversário.

Nos demais combates, dois atletas da mesma equipe também tiveram problemas com a balança, Junior Orelha e Carlos Eduardo da Silva, representantes da Relma Combat, não atingiram o limite das categorias peso-mosca e peso-palha, respectivamente. Junior pesou 4kg acima dos 57,1kg e após acordo com o seu adversário aceitou doar 30% da bolsa para o duelo acontecer. O mesmo ocorreu com Carlos Eduardo, que ultrapassou em 1,1kg os 52,6kg limites da divisão, e perdeu 20% do cachê para o oponente.

Aos 35 anos, Caio Alencar, o “Caião”, chega para fazer a luta principal do Shooto após quase um ano fora de combate. Devido a uma lesão no ombro, o atleta da Kimura Nova União está sem subir ao cage desde novembro de 2013, quando perdeu sua invencibilidade no MMA após uma boa sequência de seis vitórias consecutivas. Desses seis triunfos que possui na carreira, nenhum deles terminou na decisão dos juízes laterais, sendo três por nocaute e três finalizações.

“Passei um quase um ano parado, tive que fazer toda uma reabilitação e preparação para voltar, e por incrível que pareça, vai ser o primeiro duelo que vou lutar inteiro, nos outros sete combates sempre tinha alguma lesão incomodando”, conta Caião que pretende manter a tradição e não deixar a luta nas mãos dos juízes. “Vou buscar a luta em pé. Quero nocautear, mas se ver que o combate está complicado, vou partir para a segurança e levar a luta para o chão onde comecei minha carreira e sou muito forte”, afirma.

Adversário de Caio, Fernando Batista, de 30 anos, é natural de Rio Bonito e vai estrear em casa. Para sair com a vitória do Complexo Esportivo Bonitão conta com o apoio dos amigos e familiares presentes. Apesar de aceitar o combate faltando poucos dias para o evento, Fernando garante que não terá problemas, já que estava em ritmo intenso de treinamentos para outro combate ainda neste mês de outubro.

“Venho treinando pesado, e essa é a oportunidade que todos os atletas esperam. Já estava com luta marcada para esse mês, ai surgiu essa oportunidade e não pensei duas vezes. Ainda não sei muito sobre meu adversário, mas independente do estilo dele vou tentar impor meu jogo e vencer, dedicando para os amigos e familiares que estarão presentes”, confia Fernando.

Além da luta principal entre os pesados, o Shooto Brasil 50 conta com mais oito duelos, com atletas das categorias palha (até 52,2kg), mosca (até 57,1kg), galo (até 61,6kg) e pena (66,1kg). Destaque para a co-luta principal entre Jeciel de Souza, da Relma Combat, enfrentando Nikolas Motta, da Nova União pela divisão dos penas, e Eduardo Jack, da TFT, duelando com Matheus Naccache pela categoria dos moscas.

Ingressos à venda

Os interessados em acompanhar de perto todas as emoções do Shooto Brasil 50 podem adquirir os ingressos para o show. Com valores de R$ 20 (arquibancada) e R$ 30 (cadeira), as entradas estão disponíveis nas lojas Malu Elegance, Sport House e Bike & Motos, todas localizadas no município de Rio Bonito.

Shooto Brasil 50
Complexo Esportivo Bonitão, Cidade Nova, Rio Bonito
3 de outubro de 2014

Até 120,6kg: Caio Alencar x Fernando Batista
Até 66,1kg: Jeciel de Souza x Nikolas Motta
Até 57,1kg: Eduardo Jack x Matheus Naccache*
Até 66,1kg: Paulo Almeida x Max Alves
Até 52,2kg: Júnior Orelha** x Alejandro Hoyos
Até 57,1kg: Jorge Mau x Adaílton Silva
Até 52,2kg: Carlos Eduardo da Silva* x João Paulo Cardoso
Até 52,2kg: Rafael Botelho x Jonatha de Souza
Até 61,6kg: Jorge Garcia x Wendell Cobra

* Os atletas não atingiram o limite da categoria e foram multados em 20% da bolsa, doados ao adversário

** O atleta não atingiu o limite da categoria e foi multado em 30% da bolsa, doados ao adversário

(Fonte: Assessoria de imprensa)