FREE SHIPPING to the U.S. on ALL ORDERS!

Metralhadora giratória: Gordon Ryan desafia André Galvão e Caio Terra no Jiu-Jitsu

Gordon Ryan apareceu vestido de rei no Mundial de Jiu-Jitsu Sem Kimono. Foto: Blanca Marisa Garcia

Homem da capa deste mês e considerado atualmente  o melhor atleta sem kimono do mundo, Gordon Ryan também se mostrou exímio na arte do trash talking. Conhecido pelo seu estilo sem papas na língua, o americano endereçou desafios a dois grandes nomes do Jiu-Jitsu mundial: André Galvão e Caio Terra.

Tudo começou após o Mundial Sem Kimono da IBJJF,  realizado no último mês de dezembro. De capa e coroa na cabeça, Gordon venceu todas suas disputas no peso e no absoluto, se autointitulando o rei sem kimono. Dias depois, André Galvão postou nas redes sociais que ele era o verdadeiro rei, juntamente com alguns dos seus melhores lances sem kimono. Especulações correram na internet sobre um possível duelo, e Gordon se apresentou para lutar.

O americano tentou oferecer uma quantia em dinheiro para Galvão, e o brasileiro disse que não lutaria por menos de um milhão de dólares. Gordon, malandro que só, mudou sua abordagem e disse que reverteria o dinheiro para instituições de caridade.

“Você diz que me vencer não vai adicionar nada ao seu legado”, disse Gordon no Instagram. “Mas já que o dinheiro  não é importante, vamos lutar e vender em pay-per-view, assim poderemos reverter a renda para crianças de uma instituição de caridade. Me ajude a ajudar essas crianças carentes.”

Foi aí que Caio Terra entrou na equação. Também nas redes sociais, o bicampeão mundial criticou o americano por insistir em desafiar um atleta que já se declarou aposentado das competições regulares.

“Ele comprou uma capa e uma coroa para entreter pessoas. Ele não é um rei, é um palhaço”, disse Caio no Instagram. “Ele desafiou um atleta aposentado, que fez muito pelo nosso esporte. Ele diz que quer fazer por caridade. Não sejam bobos, é só uma forma de fazer isenção no imposto de renda. Eu fiz meu desafio a ele, e ele deu as mesmas desculpas que deu ao André. Quando não tem nada a perder é um leão, quando tem vira uma gatinha.”

Gordon, por sua vez, disse que lutaria com Caio em qualquer regra, sem kimono, e deixaria Caio começar com um armlock encaixado. Para o brasileiro, com mais de 30kg a menos que o americano, o melhor seria de kimono, com uma boa quantia na reta para valer o desafio.

Ainda teremos mais capítulos desse incessante desafio. Mas e para você, amigo leitor? Alguma dessas superlutas irá, de fato, sair do papel? E  quem venceria em qual situação? Comente conosco!

Older Post
Newer Post
Close (esc)

Popup

Use this popup to embed a mailing list sign up form. Alternatively use it as a simple call to action with a link to a product or a page.

Age verification

By clicking enter you are verifying that you are old enough to consume alcohol.

Search

Shopping Cart

Your cart is currently empty.
Shop now

Net Orders Checkout

Item Price Qty Total
Subtotal $0.00
Shipping
Total

Shipping Address

Shipping Methods