FREE SHIPPING to the U.S. on ALL ORDERS!

Anderson Silva dá show mas perde para Israel Adesanya no UFC 234

Anderson Silva encara Israel Adesanya no UFC 234. Foto: Zuffa LLC via Twitter

Com a queda repentina da luta principal do UFC 234, após Robert Whittaker ser diagnosticado com uma hérnia estomacal horas antes da luta contra Kelvin Gastelum, ficou para Anderson Silva e Israel Adesanya assumirem o último duelo do card, realizado nesse sábado, dia 9 de fevereiro, em Melbourne, na Austrália.

Próximo de completar 44 anos de idade (no dia 14 de abril), Anderson encarou o jovem Adesanya, de 29 anos, em duelo de três assaltos. Adesanya levou a melhor na decisão dos jurados, mas o combate foi um verdadeiro show de MMA.

Apontado como um “clone” de Anderson nos cages, Adesanya entrou para encarar o seu ídolo no MMA. Anderson, azarão nas bolsas de apostas, entregou três assaltos de muita emoção. Golpes trocados na distância, esquivas milimétricas e lances plásticos de ambos os lados levaram o público ao delírio.

Com a guarda baixa e chamando Adesanya para lutar, Anderson foi tocado mais vezes, mas trouxe lances de perigo para o nigeriano com combinações de socos. A decisão para Adesanya foi declarada no fim como o esperado após este ter aplicado as melhores investidas nos três assaltos, mas o show projetado por Anderson para o duelo foi devidamente entregue, ao lutar de guarda baixa, chamar Adesanya para lutar próximo à grade e fazer seus movimentos pouco ortodoxos no octógono.

“Agradeço a Deus por me dar a chance de lutar e fazer o meu melhor. Eu amo o meu trabalho, e talvez lute em Curitiba”, disse Anderson após a luta, com o aval de Dana White, que disse na coletiva que há possibilidade do Aranha lutar no Brasil no dia 11 de maio.

Confira abaixo os resultados completos!

UFC 234
Melbourne, Austrália
9 de fevereiro de 2019

Israel Adesanya venceu Anderson Silva na decisão unânime dos jurados
Lando Vannata finalizou Marcos “Dhalsin” na kimura aos 4min55s do R1
Ricky Simón venceu Rani Yahya na decisão unânime dos jurados (30-27, 30-27, 30-25)
Montana de la Rosa finalizou Nadia Kassem no armlock aos 2min37s do R2
Jim Crute venceu Sam Alvey por nocaute técnico aos 2min49s do R1

Card preliminar

Devonte Smith venceu Dong Hyun Ma por nocaute aos 3min49s do R1
Shane Young venceu Austin Arnett na decisão unânime dos jurados
Kai Kara-France venceu Raulian Paiva na decisão dividida dos jurados
Kyung Ho Kang finalizou Teruto Ishihara no mata-leão aos 3min59s do R1
Jalin Turner nocauteou Callan Potter aos 53s do R1
Jonathan Martinez venceu Wuliji Buren na decisão unânime dos jurados

Older Post
Newer Post
Close (esc)

Popup

Use this popup to embed a mailing list sign up form. Alternatively use it as a simple call to action with a link to a product or a page.

Age verification

By clicking enter you are verifying that you are old enough to consume alcohol.

Search

Shopping Cart

Your cart is currently empty.
Shop now