Você escolhe: Qual foi o melhor duelo de Jiu-Jitsu do ano de 2015? December 02 2015

jiujitsu-bjj-bestmatches-graciemag

À medida que o ano de 2015 chega ao fim, olhamos para trás e relembramos as emoções que vivemos nos últimos 12 meses. Então, o que acha de tentar apontar aquela que foi a melhor batalha de kimono de 2015?

Nós pré-selecionados cinco clássicos instantâneos e vamos deixá-lo escolher o seu favorito. Basta votar no comentários, ou quem sabe sugerir um outro duelo de sua preferência. Vamos lá!

Gabri Garcia x Mackenzie Dern (Europeu 2015 – Final do absoluto faixa-preta)

O primeiro grande momento de 2015. A valente Mackenzie e a potente Gabi lutaram de forma épica em Lisboa. Sete minutos de Jiu-Jitsu para aplaudir de pé. Relembre!

Bernardo Faria x Alexander Trans ( Pan 2015 – Semifinal do absoluto faixa-preta)

Uma batalha de gigantes pela chance de chegar na final do peso aberto. Bernardo e Trans prenderam a atenção do público durante todo o combate. Confira!

 Leandro Lo x Keenan Cornelius (Mundial 2015 – Quartas do absoluto faixa-preta)

Isso sim é Jiu-Jitsu da melhor qualidade. Assista e aproveite.

Rafael Mendes x Rubens Cobrinha (Mundial 2015 – Final faixa-preta peso-pena)

Tivemos de tudo nessa. Estratégia, movimentação, esforço, respeito. Um clássico!

Bruno Malfacine x João Miyao (Mundial 2015 – Final faixa-preta peso-galo)

O final dramático do combate já é mais do que motivo para estar entre as melhores de 2015. Veja!

Agora é com você, amigo leitor. Qual dos duelos é o melhor de 2015? Que vença o melhor!