Galvão comenta vitória contra Barral: “Sem pressão, nada de diamantes” November 22 2015

Berkut BJJ 2 em novembro de 2015

O sábado 21 de novembro foi de grandes lutas, de Nova York a Moscou, e os astros da elite do Jiu-Jitsu fizeram bonito no Berkut BJJ, evento de lutas casadas russo.

As regras previam 15 minutos de luta valendo apenas a finalização. Se o golpe perfeito não saísse, uma prorrogação com cinco minutos seria realizada, valendo pontos. Se o placar terminasse empatado, o resultado seria dado pelos jurados.

Na luta principal, sem o pano, deu André Galvão contra Romulo Barral, com três quedas bonitas a favor do professor da Atos – uma na prorrogação, a que computou os pontos decisivos.

Na penúltima luta, o atual campeão mundial absoluto sem kimono Felipe Preguiça venceu o campeão do ADCC 2015 Yuri Simões na prorrogação, em duelo também sem kimono que ganhou o bônus de melhor luta do evento. Simões escapou bonito de um armlock de Preguiça, durante o confronto.

As finalizações da noite foram para Caio Terra, com um estrangulamento de lapela em Milton Almeida, e para Abdurakhman Bilarov, com uma chave de pé surpreendente contra Jackson Sousa, em confere sem o pano.

André comentou o feito:

“Mais uma vitória numa superluta. Lutei na Rússia contra o duríssimo Romulo Barral. Treinei duro e dei o meu melhor, e tive um camp louco para esta luta, com um monte de coisas novas acontecendo na minha vida (academia nova, mudança, planos para o futuro, os treinos para o Mundial Sem Kimono), mas não pulei uma sessão de treino. Fiz tudo acreditando em minha vitória, e Deus me deu forças. Como meu bom amigo Abul diz, sem pressão, não haverá diamantes. Claro que não passei todas essas coisas sozinho. Estou cheio de pessoas que realmente confiam em mim e me ajudam. Minha esposa como sempre, fez o melhor para mim, e meus companheiros de equipe”, lembrou Galvão.

Resultados completos:

Berkut BJJ 2
Moscou, Rússia
21 de novembro de 2015

André Galvão venceu Romulo Barral por uma queda na prorrogação
Felipe Pena venceu Yuri Simões por 4 a 2
Muhammad Kerimov finalizou Dean Lister no estrangulamento
Abdurakhman Bilarov finalizou Jackson Sousa nos últimos 10 segundos de luta com uma chave de pé insana (bônus de finalização da noite)
Khasan Abubakirov venceu Jeff Monson na decisão
Rafael Navas venceu Muhammad Abdulkaridov na decisão
Arbi Muradov venceu Alex Cabanes por pontos

Com kimono:

Claudio Calasans e Lucas Rocha empataram
Augusto Tanquinho venceu Aj Agazarm na decisão
Caio Terra finalizou Milton Bastos com a lapela (bônus de finalização da noite)
Paulo Miyao venceu Samir Chantre na decisão
João Miyao e Osvaldo Queixinho empataram