Dimitrius Souza vence absoluto e Felipe Cesar é destaque no Brasileiro Sem Kimono October 26 2015

Dimitrius pegou as costas de Caju para fechar os 6 a 0 do ouro. Foto: Junior Meireles/Flashsport

Dimitrius pegou as costas de Caju para fechar os 6 a 0 do ouro. Foto: Junior Meireles/Flashsport

Após um sábado recheado de grandes lutas nas faixas coloridas, era chegado o dia dos faixas-pretas no Brasileiro Sem Kimono, realizado na manhã chuvosa do último domingo, dia 25, no Club Municipal do bairro da Tijuca.

Alguns nomes conhecidos do esporte marcaram presença no torneio, como Marcelo Lapela, Theodoro Canal, Cassio Francis, Ricardo Mesquita, Tiago Barros e muitos outros.

Mas o dia seria de Dimitrius Souza, da Alliance. Dimitrius acabou surpreendido na disputa do ouro no peso, e foi superado por Gustavo Saraiva logo na primeira luta. Sem esmaecer, o casca-grossa voltou com força total para brigar pelo ouro absoluto.

Para tal, Dimitrius venceu quatro lutas e na final encarou o também experiente Rômulo Caju. Na peleja, Dimitrius raspou, pegou as costas e conseguiu contabilizar os seis pontos que lhe dariam o ouro no aberto.

Outro destaque do dia foi o jovem Felipinho César, da Barbosa Jiu-Jitsu. Já conhecido nos campeonatos por seu estilo de ataque, Felipe bateu logo na primeira luta o atleta do UFC Hacran Dias, com um belo leglock.

Em seguida, conseguiu pegar as costas e vencer Theodoro Canal nos pontos para garantir o lugar na final contra Marcelo Lapela.

Na luta pelo ouro do peso médio, Lapela parecia ter a vantagem no combate, pois Felipinho mostrava fortes sinais de cansaço. Porém, com um belo armlock, o jovem da Barbosa bateu o experiente faixa-preta da Checkmat para ficar com o lugar mais alto do pódio.

No feminino, Andressa Correa (Alliance) faturou ouro duplo, no peso pesado sem lutas e no absoluto ao bater Juliana Simões (Agnaldo Costa).

Confira abaixo os resultados das finas da faixa-preta:

Leandro “Tatu” Escobar venceu Vitor Gomes por 4 a 2 nos pontos no peso-galo.
Philipe “PH” Freitas venceu Hiago George por 6 a 4 nos pontos no peso-pluma.
Tiago Barros finalizou Onofre Lima no katagatame no peso-pena.
Thiago Gaia venceu Rafael Mansur por 4 a 0 no peso leve.
Felipe César finalizou Marcelo “Lapela” Mafra no armlock no peso médio.
Ronys Torres se lesionou na semifinal e Patrick Gaudio ficou com o ouro no meio-pesado.
Diogo “Moreno” Sampaio venceu Gustavo Saraiva por 2 a 0 no peso pesado.
Cassio “Cassão” Francis finalizou Rafael Pinheiro na chave de pé no super-pesado.
Otávio “Oreia” Serafin finalizou Fernando Camolês na chave de pé no pesadíssimo.

Para os resultados completos, clique aqui!