Grande mestre Francisco Mansor melhora e se recupera em casa April 24 2016

Grande mestre Francisco Mansor com sua imponente faixa-vermelha de Jiu-Jitsu. Foto: Arquivo Pessoal

Grande mestre Francisco Mansor com sua imponente faixa-vermelha de Jiu-Jitsu. Foto: Arquivo Pessoal

Fundador da célebre academia Kioto BJJ, o faixa-vermelha Francisco Mansor apresentou substanciais melhoras no seu quadro clínico, após agressão lamentável e covarde ocorrida há mais de um mês, nos EUA.

O grande mestre de 76 anos já se recupera em casa, em Port Jefferson, Nova York, apesar do coração ainda estar fragilizado, segundo os médicos que o acompanham. Quem conta ao GRACIEMAG.com é o seu sobrinho, o professor e árbitro Alvaro Mansor, da equipe Soul Fighters.

(Relembre o caso, aqui.)

“Meu tio está bem, mas ainda não está excelente. Ele precisa continuar de repouso por pelo menos mais 30 dias. Já tem um mês mais ou menos que ele deixou o hospital, mas ocorre que ele teve um infarto no coração, e não foi o primeiro: foi seu quinto infarto na vida. Ele está conversando bem, sempre de forma positiva, mas o coração ainda inspira cuidados. Segundo os médicos, o coração segue comprometido, precisa ganhar mais pressão para bombear o sangue, por isso a exigência de repouso”, detalha Alvaro.

“Não tem atalho, é ficar de dieta, alimentação regrada e ter paciência. O quadro é positivo, e o melhor de tudo é que o mestre Chico está aceitando tudo isso, o que era o grande medo de todos. Como ele é muito ativo e teimoso, a gente temia que ele se recusasse a aceitar ficar descansando em casa”, lembra o sobrinho.

Mestre Mansor vai ficar mais um mês de molho, e se tudo correr como esperado vai voltar logo a dar aulas para seus jovens aluninhos. Força, mestrão.

A seguir, relembre algumas das lições do velho Chico, em entrevista raiz ao Sportv.