Gogó, Capitão e demais atletas superam a balança do Jungle Fight 62 December 06 2013

Gogó e Capitão na encarada para o Jungle 62. Foto: Carlos Arthur/GRACIEMAG

Gogó e Capitão na encarada para o Jungle 62. Foto: Carlos Arthur/GRACIEMAG

Realizada na tarde desta sexta-feira, dia 6, no Hotel Caesar Business, em São Paulo, a pesagem oficial do Jungle Fight 62 transcorreu em clima de tranquilidade. Os atletas se mostraram respeitosos, alguns tendo seus ânimos mais exaltados contidos por Wallid Ismail, e passaram pelo primeiro grande desafio deste final de semana. Apenas o mexicano José “Chochuy” Sanchez ficou acima do limite de sua categoria e teve uma tolerância de duas horas para perder 1,5kg. O evento, que tem dez lutas em seu card, ocorre neste sábado, dia 7, às 21h, no Ginásio Poliesportivo Pelezão, em São Paulo.

A luta de maior destaque da noite será entre o atual campeão dos pesos-penas da organização, Rafael “Gogó”, e seu desafiante, Alexandre “Capitão”. Ambos vivem boas fases em suas carreiras e chegam ao duelo credenciados por suas vitórias no Jungle Fight 57, realizado no mês de setembro em Belém do Pará. Enquanto “Gogó” se prepara para sua quarta aparição na competição, “Capitão” fará sua décima luta no Jungle.

Na co-luta principal, Edson “Conterrâneo” encara Douglas Simões, em duelo válido pelos pesos-pesados. Outros oito combates prometem agitar a noite paulistana. Destaque para o combate entre Lúcio Curado, o ex-campeão pesos leve do evento, e Erick “Parrudo”, que faz seu primeiro confronto após ter perdido seu cinturão para Ivan “Batman” no Jungle Fight 54, disputado em Junho deste ano.

David “Tatá” é o primeiro ganhador do Troféu Carlson Gracie

David Tatá recebe o troféu Carlson Gracie das mão de Wallid. Foto: Carlos Arthur/GRACIEMAG

David Tatá recebe o troféu Carlson Gracie das mão de Wallid. Foto: Carlos Arthur/GRACIEMAG

Criado por Wallid Ismail, presidente do Jungle Fight, o Troféu Carlson Gracie surgiu com a ideia de premiar os lutadores mais guerreiros de cada edição. Lutando pela terceira vez na organização apenas no ano de 2013, o paulista David “Tatá”, que também está escalado para o card deste sábado, foi o primeiro agraciado pelo público com o título, por conta de sua performance no Jungle Fight 60, realizado no início de novembro em São Paulo. A premiação será dada em todos os eventos. Os fãs devem acessar o site oficial da organização (http://www.junglefight.net.br/) e votar no atleta favorito de cada edição.

Jungle Fight 62
Ginásio Pelezão, São Paulo
7 de dezembro de 2013

Rafael Miranda “Gogó” (Constrictor Team) x Alexandre Campos “Capitão” ( Orion Fight ) – disputa do cinturão dos pesos-penas (66Kg)
Edson “Conterrâneo” (Otavio Almeida ) x Douglas Simões (Clayton Monteiro) – peso-pesado
Lúcio Curado (Popó Fight Team) X Erick “Parrudo” (LG System) – até 70Kg
Rafael Nunes (Bronx/ Gold Team) X Paulo Panthro (LG System) – até 57 kg
José Alexandre “Zé Reborn” (Reborn Team) x Angelo Lopes (Chute Boxe Piraju) – 57Kg
Jesus “Chochuy” Sanchez (Entram Vale Todo Gym ) x Douglas Bertazini(CT Miguel Repanas) – até 77kg
Alberto “Striker” Pantoja (Champs/Nova União) x Davi “Tatá” Silva (Colisão MMA) – até 61Kg
Elton “Viper” (Ludus / Demian Maia) X Patrick Silva (Chute Boxe-Piraju) – até 70 kg
Ismael Bonfim “Marreta” (Popó Fight Team) x Denis “Alagoas” Silva (Bolado/ Gold Team) – até 66Kg
Guilherme Matos “Kyoto” (Pitbull Brothers) x João Picirillo (Ryan Gracie/Polêmico) – até 70 kg

(Fonte: Assessoria de imprensa)