Duas disputas de cinturão fecham o 2013 do WOCS, no Rio November 28 2013

Giovanni e Bob Esponja faz a luta principal da noite. Foto: Divulgação

Giovanni e Bob Esponja faz a luta principal da noite. Foto: Divulgação

O ano de 2013 ficará marcado na história do Watch Out Combat Show, o WOCS. Com edições realizadas em Montes Claros (MG) e Gramado (RS), o evento alcançou ainda mais sucesso e repercussão nacional, consolidando-se como referência de qualidade dentro e fora do cage. Para fechar e celebrar a grande temporada, o WOCS volta ao Rio de Janeiro, onde tudo começou, no dia 13 de dezembro, no ginásio da Hebraica, com duas disputas de cinturão. Campeão dos leves, Giovanni Diniz coloca seu cinturão em jogo contra Lucas Bob Esponja, enquanto Arthur Gogó e Armando Sapinho se enfrentam pelo título dos meio-pesados.

Recuperado da lesão que o afastou do desafio contra Paulo Bananada no WOCS 27, Giovanni Diniz está pronto para defender pela primeira vez seu título. Dono de um cartel de 20 vitórias e sete derrotas, o atleta da Nova União, que é especialista em boxe, terá pela frente o experiente Lucas Bob Esponja, da TFT, veterano do evento e que chega à disputa embalado por duas boas vitórias no WOCS.

Vago desde o acerto de Francimar Bodão com o UFC, em agosto deste ano, o cinturão dos meio-pesados terá um novo dono no WOCS 32. Arthur Gogó e Armando Sapinho lutam para definir quem levará o cobiçado título para casa e entrará de vez nos holofotes do MMA mundial.

“O ano de 2013 foi incrível para o WOCS. Fomos a novas praças, nos consolidamos em locais onde já fizemos grandes shows, tivemos a chancela da Comissão Atlética Brasileira de MMA e o retorno foi sempre muito bom. Estamos cada vez mais nacionalizados, mas o Rio de Janeiro é nossa casa, e nada melhor do que estar em casa para comemorar essa grande temporada. As duas disputas de cinturão serão intensas, com atletas agressivos, dispostos a mostrar que são alguns dos principais nomes do MMA brasileiro”, comemora Otávio “Tatá” Duarte, organizador do evento ao lado de Phillip Lima.

Além dos duelos válidos por títulos, o card principal do WOCS 32 conta com mais nove combates, com destaque para o embate entre Alexandre Baixinho, ex-lutador do UFC, e Julian Jabbá, atleta da RFT. No preliminar, a organização do evento segue dando espaço aos novatos com mais quatro desafios de MMA amador. Com essas, o WOCS supera a marca de 100 lutas amadoras já realizadas.

WOCS 32
Clube Hebraica, Laranjeiras- Rio de Janeiro
13 de dezembro de 2013

Até 57kg : Giovanni Diniz (Nova União) x Lucas Bob Esponja (TFT) – Disputa de Cinturão

Até 93kg: Arthur Gogó (Team Nogueira) x Armando Sapinho (BTT) – Disputa de Cinturão

Até 77kg: Julian Jabba (RFT) x Alexandre Baixinho (Carlson Gracie / Nobre Arte)

Até 70kg: Felipe Nilo (Team Nogueira) x Fernando Santos (Nova União)

Até 62kg Paulo Gato Preto (TFT) x Pedro Kezen (Team Nogueira)

Até 75kg: Felipe Borges (RFT) x Bruno Baptista (RELMA)

Até 62kg: Jeferson Brother (TFT/Charlie Brown) x Thiago Paulista (RFT)

Até 62kg: Wanderson Psicopata (Pejor) x Mauro Pedra (DTM)

Até 77kg: Alex Cowboy (TFT/ATS) x Welton Doidão (RELMA)

Até 77kg: Élton Batoré (TFT/Rocinha) x Gabriel Cardoso (GFTeam)

Até 62kg: Leonardo Lindemberg (Oxi Gym) x Paulo Roberto (RELMA)

CARD AMADOR

Até 66kg: Adam Felipe (TFT) x Martin Silva (Carlson Gracie/Baixinho Team)

Até 77kg: Matheus (TFT/MOC) x Vagner Luiz (Carlson Gracie/Baixinho Team)

Até 77kg: Gustavo Jerry (Charlie Brown) x David Lopes (Serpente Thai)

Até 66kg: Gabriel Muniz (TFT / merenda) x Gutemberg Baiano (Serpente Thai)

(Fonte: Assessoria de imprensa)
5_KEIKO_RodapeVIP_850