Sob os olhares de Minotauro, Circuito Talent de MMA tem show de Jiu-Jitsu e vitória de ex-UFC November 24 2013

Sob o olhar de Minotauro, Buscapé vence a 13ª no cartel. Foto: Welington Borges/ Divulgação

Sob o olhar de Minotauro, Buscapé vence a 13ª no cartel. Foto: Welington Borges/ Divulgação

A noite deste sábado, dia 23 de novembro, foi de “até breve” para o Circuito Talent de MMA. Em seu primeiro ano, o evento fechou seu calendário com a quinta edição do show, que agitou o Ginásio do Guarani, em Campinas, São Paulo. Na principal luta da noite, sob os olhares de Rodrigo Minotauro, Leandro Buscapé dominou as ações do início ao fim do duelo e superou Carlos Leal por decisão unânime dos juízes laterais. Das 13 lutas de MMA da noite, sete foram definidas por finalização, além de quatro nocautes. O Circuito Talent retorna em fevereiro de 2014, com sua sexta edição.

Com o novo triunfo, Buscapé emplaca a segunda vitória seguida desde que deixou o UFC, em junho passado. Agora atuando entre os leves, ele comemora o atual momento na carreira. “Passei por um momento difícil quando deixei o UFC, só tive uma chance lá, mas já superei. Estou bem comigo mesmo, treinando, me dedicando muito, e já consegui boas vitórias depois disso. O ano de 2014 será excelente para mim, podem esperar”, avisou Buscapé.

Carcacinha mantém invencibilidade no armlock

Jovem talento do MMA brasileiro, Ricardo Carcacinha, de apenas 18 anos, comprovou a excelente fase que vive no co-evento do Circuito Talent 5. Dono de um Jiu-Jitsu muito perigoso, ele, que é faixa-roxa, trocou golpes de pé com Lucas Baiano, mas foi no solo onde anotou sua quarta vitória ao pegar o adversário no armlock e manter seu cartel perfeito, exibindo quatro lutas e quatro vitórias.

Mulheres brilham com show de Jiu-Jitsu

Os fãs da arte suave receberam um belo presente feminino na noite do Talent 5. Os três desafios entre mulheres foram definidos com finalizações. Como um rolo compressor, Hérica Tibúrcio não deu chances a Chayen Gaspar, finalizando em pouco menos de dois minutos de luta com um justo armlock. Após o feito, Hérica, que anotou sua sexta vitória por finalização no cartel, recebeu a faixa marrom de seu treinador, Mestre Gato.

“A vitória é consequência de um trabalho muito intenso, uma dedicação muito grande. Tenho muito amor pelo que faço, e isso facilita. Fiquei emocionada com a graduação, nem imaginava que fosse hoje”, revelou Hérica.

Camilinha Pitbull foi para cima de Bianca Reis e finalizou no segundo round, com um katagatame, registrando sua nona vitória no cartel. Vanessa Mello, ainda no primeiro assalto, pegou o pescoço de Suellen Pereira no mata-leão.

Com reviravoltas, pupilo de Maldonado finaliza

O duelo entre Alexandre Turquinho e Ewerton Ferreira foi intenso. Com golpes francos desde o princípio da luta, Ewerton surpreendeu com um cruzado, levando Turquinho ao chão. Porém, o pupilo de Fábio Maldonado, que o orientava do córner, sobreviveu ao ground and pound de Ewerton até o soar do gongo. Na segunda etapa, Turquinho ainda escapou de um triângulo, reuniu forças e finalizou o combate com um belo mata-leão.

“Ele é um garoto muito talentoso, de muita qualidade no Jiu-Jitsu, como demonstrou hoje no cage”, analisou Maldonado.

Ney Farias, também no mata-leão, e Bruno Ferreira, com um arm-lock, também finalizaram seus respectivos combates, contra Alexandre Amaro e Edson Jabá, ambos no primeiro round. Além da luta principal, Arthur Oliveira também precisou dos três rounds para bater Thiago Samurai por unanimidade na visão dos juízes laterais.

Circuito Talent de MMA

Ginásio do Guarani

23 de novembro de 2013

Até 70 kg: Leandro Buscapé (Team Nogueira) venceu Carlos Leal (Latin Sports) por decisão unânime dos juízes

Até 66 kg: Ricardo Carcacinha (Impacto Jiu Jitsu) finalizou Lucas Baiano (Sattelmayer Top Team) com um armlock aos 1min59s do R1

Até 93 kg: Fernando Tréssino (Cláudio Bueno) nocauteou Carlos Augusto (Guarulhos Fight Team) aos 2min24s do R1

Até 84 kg: Edvaldo Gameth (Team Master) nocauteou Junior Beltrão (Beltrão Team) aos 2min11s do R1

Até 63 kg: Arthur Oliveira (Ed Lutas Team) venceu Thiago Samurai (Power Lotus Team) por decisão unânime dos juízes

Até 62 kg: Guilherme DMenor (Team Nikolai MMA) nocauteou Guilherme Popó (Barão Negro) aos 56seg do R1

Até 52 kg: Hérica Tibúrcio (Inside/Munil Adriano) finalizou Chayen Gaspar (MTS) com um armlock aos 1min57s do R1

Até 54 kg: Camilinha Pitbull (CTI Indaiatuba) finalizou Bianca Reis (Japona Team) com um katagatame aos 4min36s R2

Até 93 kg: Alexandre Turquinho (Team Maldonado) finalizou Ewerton Ferreira (Beltrão Team) com um mata-leão aos 2min45s do R2

Até 59 kg: Vanessa Mello (Babuíno Gold Team) finalizou Suellen Pereira (Muay Thai André Gomes) com um mata-leão aos 3min47s do R1

Até 66 kg: Ney Farias (Claudio Bueno Team) finalizou Alexandre Amaro (Alexandre Amaro MT) com um mata-leão aos 2min38s do R1

Até 66 kg: Bruno Ferreira (Impacto Jiu Jitsu) finalizou Edson Jabá (Babuíno Gold Team) com um armlock aos 2min33s do R1

Até 84 kg: Wesley Branco (Monsão Gold Strike) nocauteou Fabiano Jack (Inside/Munil Adriano) aos 1min51s do R2

(Fonte: Assessoria de imprensa)

7_KORAL_FeaturedSlide_620_opt