Jon Jones é pego no antidoping e luta contra Cormier é cancelada no UFC 200 July 07 2016

A vida não está fácil para o ex-campeão dos meio-pesados. Foto: UFC

A vida não está fácil para o ex-campeão dos meio-pesados. Foto: UFC

Uma notícia bombástica foi divulgada nas redes sociais do UFC nas primeiras horas desta quinta-feira, dia 7. Após meses de expectativa, com um grande card montado para o UFC 200, e nenhuma lesão entre os atletas escalados para o show, eis que Jon Jones, atleta designado à luta principal, é retirado do card.

Foi enviado ao Ultimate uma notificação da USADA, agência reguladora dos exames antidoping, e esta acusava uma potencial violação de Jones em exame feito no dia 16 de junho. O problema é que, com a proximidade do evento, a luta marcada com o campeão Daniel Cormier, que seria a batalha principal do dia 9 de julho, deveria ser cancelada.

Confira abaixo a declaração oficial do UFC sobre o caso:

“O UFC foi notificado nesta noite pela Agência Antidoping dos EUA (UDASA) de uma potencial violação da Política Anti-Doping por parte do norte-americano Jon Jones em amostras feitas em um teste fora de competição, em 16 de junho de 2016.

A USADA, que administra de forma independente da Política Anti-Doping do UFC, vai analisar os resultados e o julgamento apropriado deste caso. É importante lembrar que há um processo de revisão legal do processo que é oferecido aos atletas antes de qualquer sanção”.

No entanto, como Jones estava programado para enfrentar Daniel Cormier neste sábado, 9 de julho, em Las Vegas, não há tempo suficiente para uma avaliação completa antes da luta e, portanto, o confronto foi removido do card. Assim, a principal luta do UFC 200 será entre os pesados Brock Lesnar e Mark Hunt, em três rounds.

Todas as possíveis violações à Política Anti-Doping anteriores, informações adicionais ou declarações do UFC serão fornecidas de acordo com o avanço do processo.”

Como citado na declaração, Brock Lesnar e Mark Hunt estão atualmente escalados para a luta principal. Contudo, Dana White não descartou a possibilidade de conseguir outro adversário para Cormier, mesmo faltando apenas dois dias para o evento.

E na sua opinião, amigo leitor, outro lutador deveria ser escalado para encarar o campeão meio-pesado Daniel Cormier? Quem? Comente conosco!