De uma briga de faca na igreja ao projeto social do Jiu-Jitsu que salva crianças October 07 2016

Galera reunida no projeto Arte de Viver. Foto: Arquivo Pessoal

Galera reunida no projeto Arte de Viver. Foto: Arquivo Pessoal

Nosso GMI Fabiano Papel, de João Pessoa na Paraíba, conheceu na semana passada um projeto social muito interessante na região, e mergulhou de cabeça para fazer com que as atividades por lá se tornem ainda melhores.

Com poucos recursos básicos para a prática do Jiu-JItsu, como kimonos e tatame, o faixa-preta Papel se dispôs a ajudar tanto no quesito técnico como arrecadar fundos para o Arte de Viver, projeto social qu existe desde 2005, após um episódio curioso.

Em funcionamento no espaço de uma igreja paraibana, tudo começou quando dois meninos adentraram o templo, em meio a uma briga de faca. As pessoas ali presentes imobilizaram os brigões e falaram da filosofia de vida do Jiu-Jitsu, deram suas primeiras aulas e não pararam mais.

Hoje, com mais de 90 crianças em atividade, o projeto necessita de todo o apoio possível, de doação de kimonos antigos ou outros artigos para o auxílio dos meninos. Para ajudar, entre em contato com o faixa-preta Fabiano Papel no telefone 83-98191-8543.