Brasileiro de Equipes 2016: Nova União, Gracie Barra e Ribeiro Jiu-Jitsu brilham September 10 2016

Pedro Moura, da equipe Ribeiro JJ, venceu duas vezes para garantir o ouro de sua equipe. Foto: Gustavo Aragão/GRACIEMAG

Pedro Moura, da equipe Ribeiro JJ, venceu duas vezes para garantir o ouro de sua equipe. Foto: Gustavo Aragão

O Club Municipal recebeu nesse sábado 10 de setembro, na Tijuca, Rio de Janeiro, as torcidas mais apaixonadas e barulhentas do Jiu-Jitsu, com a realização da mais uma edição do Campeonato Brasileiro de Equipes.

Entre os faixas-marrons/pretas na categoria adulto, quem levou a melhor no torneio da CBJJ foram as equipes Gracie Barra e Ribeiro Jiu-Jitsu, nas divisões de peso leve e peso pesado.

Turma da Gracie Barra comemora a conquista do our no peso leve. Foto: Carlos Arthur Jr.

Turma da Gracie Barra comemora a conquista do ouro no peso leve. Foto: Carlos Arthur Jr.

Entre os leves, a equipe da GB, liderada pelos GMIs Cláudio Caloquinha e Sérgio Benini, encarou a equipe mista das academias Soul Fighters, Ares BJJ e Márcio Rodrigues.

Após superar a equipe Ribeiro na semifinal sem perder nenhuma luta, a GB chegou com moral na final e acumulou vitórias com AJ Agazarm e Cláudio Caloquinha. Após as derrotas de Benini para Breno Bittencourt e de Fernando Carsalade, irmão de Felipe Preguiça, para Ygor Rodrigues, a decisão ficou para o duelo de faixas-marrons entre Servio Tulio e Rafael Marques. Com um belo estrangulamento pelas costas, o mineirinho Servio levou a melhor e garantiu o ouro para a Gracie Barra.

Ribeiro desbanca time galáctico e vence no pesado

Equipe RIbeiro Jiu-Jitsu em primeiro e Nova União em segundo no peso pesado faixa-marrom/preta. Foto: Carlos Arthur Jr.

Equipe RIbeiro Jiu-Jitsu em primeiro e Nova União em segundo no peso pesado faixa-marrom/preta. Foto: Carlos Arthur Jr.

Já na categoria pesado, quem ficou com o ouro foi a equipe Ribeiro. O time, que contou com feras como Eduardo Inojosa, Pedro Moura, Diego e Tiago Pereira, passou na semifinal pelo time da GB, que vinha em peso com nomes como Felipe Preguiça, Cassio Francis, Augusto Tio Chico e Rodrigo Pimpolho.

Na finalíssima, os atletas da Ribeiro venceram a equipe da Nova União para garantir o ouro e o lugar mais alto do pódio. Na classificação geral, a Nova União foi a melhor e levou o troféu para casa, com a Gracie Barra em segundo e a Ribeiro JJ em terceiro.

Para conferir os resultados completos, clique aqui!