Herbert Burns confirma participação no Brasileiro Sem Kimono: “Me dá sorte” October 21 2015

Herbert Burns em ação, no Brasileiro sem Kimono Foto: Gustavo Aragão/GRACIEMAG.com

Herbert Burns ajusta o armlock no Brasileiro Sem Kimono de 2012. Foto: Gustavo Aragão/GRACIEMAG

Faixa-preta de Jiu-Jitsu e atleta do One FC, Herbert “The Blaze” Burns confirmou sua participação no Brasileiro de Jiu-Jitsu Sem Kimono da CBJJ, a ser realizado neste fim de semana, nos dias 24 e 25 de outubro, no Club Municipal da Tijuca.

Quatro vezes campeão do torneio, Herbert vai tentar o ouro na divisão dos leves e aposta no giro para vencer os adversários.

“Tem vários atletas duros na categoria, mas ninguém tira meu sono não. Tenho certeza que vou competir de igual para igual com eles e, como sempre falo, não entro como farinha para ficar no meio do bolo. Eu entro para ser campeão e é isso que vou buscar, ser campeão mais uma vez. Vou chegar lá sábado e vou dar o meu melhor. É bem provável que eu vença todas as lutas e fique com o título. Minha mente é forte. Quando acho que não vou ganhar, não luto. Estou com muita vontade, minha mente está blindada. A vontade de vencer é enorme e eu sei que sou um dos melhores, e vou provar que sou o melhor da categoria. Vou soltar o giro”, conta Herbert.

Após vencer sua quinta luta no One FC, Herbert veio ao Brasil para tirar férias, mas não conseguiu ficar sem treinar e competir “em casa”.

“O Brasileiro Sem Kimono me dá ‘sorte’, vou dizer assim. Já ganhei quatro vezes o torneio, duas na faixa-marrom e duas na faixa-preta, finalizando todas as lutas. Então, espero que a história se repita. É um campeonato muito forte aqui no Brasil e quero provar que tenho um dos melhores Jiu-Jitsu da minha categoria. Vou estar pronto para a missão”, comenta o faixa-preta.

Estrela do MMA, Herbert conta que a pressão existe por ser um campeão fora do Jiu-Jitsu. Mas na visão do atleta, isso não atrapalha.

“Não tenho medo de nada. Mas a pressão sempre existe, assim como no MMA, é normal. Tem muita gente que vai me ver como alvo na categoria, mas minha meta é ser campeão. Vou chegar para fazer meu trabalho. Estava focado no MMA, acabei de vencer minha quinta luta no One FC. Não estava treinando Jiu-Jitsu, mas a vontade surgiu e vou com tudo. Fiz duas semanas de treino aqui, em Niterói. Sou competidor e me dou melhor com a pressão”, encerra.

(Fonte: Assessoria de imprensa)