FREE SHIPPING to the U.S. on ALL ORDERS!

Ronda Rousey finaliza Cat Zingano no braço em 14s no UFC 184

Rousey comemora mais uma defesa de cinturão. Foto: UFC/Facebook

Rousey comemora mais uma defesa de cinturão. Foto: UFC/Facebook

Mais uma vez, Ronda Rousey mostrou porque é a melhor lutadora do Ultimate. Na luta principal do UFC 184, na noite do último sábado, dia 28 de fevereiro, a loirinha boa de chão precisou de 14s para finalizar a desafiante Cat Zingano e defender o cinturão peso-galo feminino da organização.

O combate foi definido de forma rápida. Zingano ouviu o soar do gongo e partiu pra cima de Ronda com uma joelhada voadora. A campeã encaixou o golpe, girou para as costas num movimento acrobático e saiu nas costas. De lá, nada de pescoço. A loira viu um braço sobrando, colocou este por trás da axila e arrochou o armlock dali mesmo. O relógio marcou 14s, e mais uma vez Ronda Rousey saiu do octógono com o cinturão do UFC.

Após a luta, quando perguntada sobre o que faltava para ela no UFC, Ronda respondeu:

“A Bethe Correia está invicta. Eu quero lutar com ela.”

Será que Dana White vai casa esta luta? Confira outros destaques:

Campeã de boxe, Holm estreia com vitória

No co-evento principal da noite, Holly Holm encarou Raquel Pennington na mesma divisão peso-galo feminino do Ultimate. Holm, multicampeã de boxa, fazia sua estreia contra Pennington, que vinha de vitória sobre Jéssica Bate-Estaca.

O combate foi ditado na trocação. Holm investia com rápidos socos e chutes altos, enquanto Raquel respondia e tentava o clinche para derrubar, sempre sendo rechaçada pela adversária.

Após um primeiro assalto dominante, Holm viu em Pennington uma adversária mais desafiadora, respondendo na trocação, com fortes chutes baixos e complicando sua estreia. O combate ficou nesse salto até o fim dos três rounds, e Holly Holm saiu vitoriosa por decisão dividida dos jurados.

Roan Jucão sobe para os médios e finaliza Munoz

Fechando o card preliminar do UFC 184, realizado no último sábado, dia 28, na Califórnia, Roan “Jucão” Carneiro subiu para a divisão de médio para encarar o conhecido Mark Munoz.

No combate, Jucão não deu mole e assim que pôde levou o combate para o solo, sua praia, e de lá deu uma aula de Jiu-Jitsu.

Após cair e se manter por cima, no domínio lateral, Jucão fez a transição para as costas, estrangulou segurando o antebraço e partiu para o justo mata-leão que apagou Munoz.

Tibau e Dhiego são superados

Na abertura do card principal, Tony Fergunson encarou Gleison Tibau em duelo peso leve. O combate não durou muito, já que Ferguson acelerou logo no primeiro assalto e conseguiu ótimo golpe na cabeça de Tibau.

O brasileiro ficou desnorteado e recuou tonto. Ferguson partiu pra cima com tudo, acertou mais golpes e derrubou. No chão, tenou estrangular Tibua que estava em quatro apoios, antes de ir para as costas e finalizar o momentaneamente indefeso Gleison, que vinha de três vitórias seguidas.

Outro brasileiro superado no card foi Dhiego Lima, compatriota em ação nos meio-médios, que não conseguiu se encontrar na luta e teve um revés anotado por Tim Means.

Valmir Bidu se supera e vence a primeira no UFC

Na segunda luta da noite, Valmir Bidu James Krause na divisão de leves. Com melhor técnica apresentada do que na sua estreia, Bidu tocou bastante e fez um duelo equilibrado com Krause em trocações francas. No fim das contas, vitória do brasileiro na decisão dividida.

Confira os resultados completos abaixo

UFC 184
Los Angeles, Califórnia
28 de fevereiro de 2015

Ronda Rousey finalizou Cat Zingano no armlock aos 14s do R1
Holly Holm venceu Raquel Pennington na decisão dividida dos jurados.
Jake Ellenberger finalizou Josh Koscheck no estrangulamento norte-sul aos 4min20s do R1
Alan Jouban nocauteou Richard Walsh aos 2min19s do R1
Tony Ferguson finalizou Gleison Tibau no mata-leão aos 2min37s do R1

Card preliminar

Roan Jucão finalizou Mark Munoz no mata-leão a 1min40s do R1
Kid Yamamoto x Roman Salazar foi declarado no contest aos 2min37s do R2
Tim Means venceu Dhiego Lima por nocaute técnico aos 2min57s do R1
Derrick Lewis venceu Ruan Potts por nocaute técnico aos 3min18s do R2
Valmir Bidu venceu James Krause na decisão dividida dos jurados
Masio Fullen venceu Alexander Torres na decisão dividida dos jurados

Older Post
Newer Post
Close (esc)

Popup

Use this popup to embed a mailing list sign up form. Alternatively use it as a simple call to action with a link to a product or a page.

Age verification

By clicking enter you are verifying that you are old enough to consume alcohol.

Search

Shopping Cart

Your cart is currently empty.
Shop now

Net Orders Checkout

Item Price Qty Total
Subtotal $0.00
Shipping
Total

Shipping Address

Shipping Methods