“Vencer é importante para o meu legado”, diz Anderson sobre o UFC 168 December 20 2013

Weidman, Dana e Anderson em encarada feita no Brasil. Foto: Carlos Arthur/GRACIEMAG

Weidman, Dana e Anderson em encarada feita no Brasil. Foto: Carlos Arthur/GRACIEMAG

No dia 28 de dezembro, o ex-campeão peso médio do Ultimate  Anderson Silva terá a revanche de sua vida. Seu oponente será Chris Weidman, o lutador americano de 29 anos que, em julho deste ano, interrompeu o reinado de quase sete anos do brasileiro no UFC com um nocaute no segundo round.

Considerado por muitos um dos maiores lutadores de MMA de todos os tempos, Anderson buscará retomar o cinturão em Las Vegas, Nevada, no UFC 168. Na penúltima da noite, outra revanche: a primeira campeã do UFC Ronda Rousey defenderá o título peso-galo feminino contra a desafiante e ex-companheira de “The Ultimate Fighter” Miesha Tate.

Na reta final dos preparativos para a grande luta, Anderson Silva recebeu a imprensa em sua academia, a Muay Thai College, em Los Angeles, nesta quarta-feira, dia 18. O ex-campeão tinha seu filho, João, a seu lado. Confira o que Anderson teve a dizer:

A primeira luta contra Weidman

“Não foi excesso de confiança. Às vezes você tem bons dias de trabalho, às vezes tem dias ruins. Na minha última luta, tive um dia ruim. Eu entro no octógono para lutar, eu não brinco, porque isso é perigoso. Na última luta, o Weidman venceu. Eu não estou focado na última luta, estou focado nessa.”

A revanche

“Não mudei muita coisa. Treinei muito, principalmente a parte mental, passei mais tempo com as minha família, meu filho e minha esposa. Vencer essa luta é muito importante para mim, para minha família, para meus treinadores e para o meu legado.”

Chris Weidman

“Aprendi muito sobre ele. Ele é um cara legal. Tem uma ótima família. É um ótimo campeão.”

Lutadores do UFC que admira

“Jon Jones é o melhor lutador do UFC no momento. Ele é um ótimo garoto, e em todas as lutas ele só melhora. Na última batalha, ele provou que é o melhor”. Perguntado sobre uma possível super luta com o campeão dos meio-pesados, Anderson respondeu: “Talvez, mas meu foco agora é o Chris Weidman”.

UFC 168
Las Vegas, Estados Unidos
28 de dezembro de 2013

Chris Weidman x Anderson Silva
Ronda Rousey x Miesha Tate
Travis Browne x Josh Barnett
Jim Miller x Fabrício Morango
Dustin Poirier x Diego Brandão

Card preliminar

Chris Leben x Uriah Hall
Gleison Tibau x Michael Johnson
Dennis Siver x Manny Gamburyan
John Howard x Siyar Bahadurzada
William Patolino x Bobby Voelker
Robbie Peralta x Estevan Payan

(Fonte: Assessoria de imprensa)