Dojjo Confere de Jiu-Jitsu: nova regra de desempate e estrangulamentos afiados roubam a cena December 14 2013

Ze Beleza reuniu convidados de gala para o seu evento Confere no Rio de Janeiro Foto Divulgaca

Zé Beleza (centro) e a equipe que promove o Confere no Rio de Janeiro. Foto: Divulgação

Era a penúltima luta de uma tarde agradável na Barra da Tijuca, com menos calor do que o normal, e Roger Gracie mal piscava. No dojô do evento Confere, os pesos-plumas Celsinho Rolim e Fernando Luis faziam os últimos segundos do combate, no tatame do clube do condomínio Mandala, e o dez vezes campeão mundial da IBJJF (sete ouros no peso, três no absoluto) parecia estar se divertindo.

Ao microfone da mesa de comentaristas, sentado entre José Henrique “Zé Beleza” e Alvaro Barreto, Roger esclarecia: “Essa raspagem que o Fernando aplicou é uma das minhas favoritas na hora do sufoco, mas mesmo assim ele continua atrás do placar”. Fim de luta, e vitória de Celsinho nas vantagens.

Depois que o gongo soou, o faixa-preta da BTT vibrou: “Foi na malandragem. Tive uma lesão no pescoço e não consegui treinar forte. O que fiz foi treinar com a criançada da academia, uma atrás da outra, para manter a movimentação. Deu certo. Na próxima espero poder treinar melhor, quero fazer no ano que vem um confere contra o Samir Chantre, que também ganhou aqui hoje. Lutamos uma vez na marrom e ele me venceu”, desafiou, com um sorriso, de olho na TV de plasma postada numa espécie de tenda VIP armada embaixo de uma grande árvore, com folhas caindo e passarinhos ao redor.

Foi ao redor desse clima bucólico que seria realizada a última luta, em que Denilson Pimenta (GFTeam) superou Guilherme Goraib (Gracie Humaitá) por 12 a 0. Pimenta protegeu-se bem das guilhotinas de Goraib e abriu o duelo com dois katagurumas, quedas bastante elogiadas por Roger. Diferentemente de outros eventos de luta casada, os dois “conferidores” recebem suas bolsas integrais após lutarem.

Regra do desempate agrada

Além da técnica e de muitas finalizações nas 20 lutas realizadas neste sábado, 14 de dezembro (destaque para as de Hiago Gama, Marcio André, Jackson Sousa e Léo Cascão), o Dojjo Confere, exibido ao vivo pelo Dojjo.com.br, o destaque foi uma inovação na regra que agradou a maioria dos professores presentes. No evento, em caso de empate no placar, o último atleta a ter obtido os pontos e vantagens fica com a vitória.

O artifício de desempate precisou ser utilizado numa das melhores lutas do dia, entre o veterano Edson Diniz (Infight) e Ítalo Lins (GFTeam), jovem professor da academia de Jiu-Jitsu de Vitor Belfort na Barra. Ítalo saiu atrás, derrubado por uma queda, mas empatou no fim com uma raspagem. Com o empate no placar final, Ítalo venceu por ter sido o último a pontuar. Para Roger e Zé Beleza, foi a melhor luta do evento. “Gostei tanto que ano que vem quem sabe eu não pulo para dentro do tatame e faço uma superluta de kimono. É um plano para 2014″, disse o Gracie.

Confira os resultados oficiais do Dojjo Confere, e visite o site do evento. A reprise deste evento estará no ar a partir de segunda-feira da semana que vem, mas o site oferece dezenas de outros conferes impagáveis. Basta clicar e se divertir.

Dojjo Confere ao vivo

Clube Náutico do Mandala, Rio de Janeiro, RJ

14 de dezembro de 2013

Denilson Pimenta venceu Guilherme Goraib por 12 a 0

Celso Rolim venceu Fernando Luis na vantagem após 2 a 2 em pontos

Sandro Vieira finalizou Erick Raposo no estrangulamento

Jackson Sousa finalizou Cassio Lisboa nas costas

Ítalo Lins venceu Edson Diniz após empate em 2 a 2

Samir Chantre venceu Douglas Rufino por 1 vantagem

Gabriel Wilcox venceu Ariel Barros por 3 a 0

Fabricio Prantera venceu Marcio Romão por 1 vantagem

Leonardo “Cascão” Saggioro finalizou Elder Mendes no triângulo

Faixa-marrom:

Patrick Gaudio finalizou Ruan Oliveira nas costas

Victor Silvério finalizou Rael Vieira nas costas

Magno Mota finalizou Julio Cesar Santos no ezequiel nas costas

Marcio André finalizou Francisco Dias na americana do triângulo invertido

Faixa-roxa:

Igor Paiva finalizou Rodrigo Moreira na mão-de-vaca

Hiago Gama finalizou Alessandro Carvalho no estrangulamento

Hugo Marques venceu Lucas Nogueira por W.O.

Faixa-azul: 

Kauan Barbosa venceu Rafael Gama por 8 a 0

Henrique Gomes finalizou Allan Gadelha no mata-leão

Rafael Diego venceu Luiz Fernando Mexicano após 1 a 1 nas vantagens

Jonata Gomes venceu Kevin Souza no braço