Irmão de Lyoto Machida volta a atuar no MMA nesta sexta-feira, no RFA November 20 2013

Chinzô volta a atuar no MMA, sempre com o apoio do irmão Lyoto. Foto: Arquivos GRACIEMAG

Chinzô volta a atuar no MMA, sempre com o apoio do irmão Lyoto. Foto: Arquivos GRACIEMAG

Neste final de semana tem Machida no cage, mas não estamos falando do ex-campeão meio-pesado do UFC. Chinzô Machida, irmão de Lyoto Machida, entra em ação no Ressurrection Fight Alliance 11 (RFA11). A luta válida pela categoria até 66kg, será contra o norte-americano Brian Wood. O evento será realizado na cidade de Denver, no estado do Colorado, nos EUA.

Esta será a quarta luta de Chinzô no MMA, onde possui um cartel de 1 vitória e duas derrotas. O irmão, que por vezes foi rival de Lyoto em competições, comentou sua preparação para o combate:

“Tive uma preparação muito boa. Foram dez semanas de treinamentos, sendo seis no Brasil e quatro aqui nos EUA. Eu espero colocar em prática o que treinei nesse período. Minha equipe de treinos foi  muito boa, composta de atletas renomados em diversos estilos. Então estou me sentindo bastante preparado”, relata Chinzô.

A equipe foi composta por Luciano Pitbul (muay thai); Frankiko (Jiu-Jitsu); Eduardo Lisboa (preparação física); André Sampaio (karatê); Breno (boxe); Lyoto Machida (lutador); Perceu Friza (lutador); Rener Gracie (Jiu-Jitsu); Kenny Johnson (Wrestiling); Rafael Cordeiro (muay thai).

Mais experiente, Chinzô também tem no karatê sua arma principal e diz que vai buscar evitar as tentativas de quedas do adversário, estilo que detectou após analisar vídeos:

“Ele sabe lutar em pé bem, mas pode ser que venha procurar a luta mais agarrada , foi o que tem demonstrado nos vídeos, mas estou preparado pra ambas as situações”, comenta o carateca.

Do lado de fora, além da torcida brasileira, Chinzô também terá um grande aliado. Com uma inversão de papéis que estamos acostumados a ver no UFC, quem estará no córner desta vez será Lyoto Machida:

“Sem dúvida a vivência e experiência dele vai me ajudar muito. Na verdade acho que quem fica no córner como treinador a missão é mais difícil , a preocupação é um pouco maior”, revela Chinzô.

O evento será transmitido somente para os EUA, através do canal AXS TV, a partir das 22h no horário local.

(Fonte: Assessoria de imprensa)